Rua Saldanha Marinho, 416 sl. 219
Vip´s Center Shopping – Centro
Campos dos Goytacazes – RJ

22 2722.0711
 

Foi erguida em 1826 por iniciativa de José Carneiro da Silva, 1º barão e visconde de Araruama, que a passou como herança para um de seus filhos, João Caetano Carneiro da Silva, futuro barão e visconde de Quissamã.

A Casa da Fazenda Quissamã mostra o enriquecimento da aristocracia rural do Norte-Fluminense com os engenhos de açúcar no século XIX. A seqüência cronológica de construção da Casa da Fazenda Mato de Pipa (1777), da Casa da Fazenda Quissamã (1826, ampliada em 1860) e da Casa da Fazenda Mandiqüera (1875) exemplifica o enriquecimento de uma oligarquia rural do açúcar (a família Carneiro da Silva) e os diversos gostos e estilos arquitetônicos prevalecentes em cada época.

A casa hospedou por duas vezes o imperador Dom Pedro II e sua comitiva: em 1847, quando estes visitavam a região norte fluminense e foram inspecionar as obras de construção do Canal Macaé-Campos e pela segunda vez em 1877, para inauguração do Engenho Central de Quissamã.

Assim como diversas outras propriedades imponentes construídas no século XIX na região, o solar foi abandonado durante várias décadas o que causou o desmoronamento de parte do prédio. Adquirido pela Prefeitura Municipal, a Conenge Engenharia foi contratada para realizar a restauração.

Hoje a casa, perfeitamente restaurada, abriga o Museu Casa de Quissamã e será futura sede do Parque Municipal, além de seu desenho ser o símbolo oficial do Município.

 

quissama11.jpgquissama02.jpgquissama03.jpgquissama06.jpgquissama10.jpgquissama09.jpgquissama05.jpgquissama04.jpgquissama01.jpgquissama0.jpgquissama08.jpgquissama07.jpgquissama12.jpg

AdmirorGallery 5.0.0, author/s Vasiljevski & Kekeljevic.
Secured & Audited by: Security Audit Systems